15 de nov de 2011

Chuva não afugentou fãs do Stone Temple Pilots em Paulínia




A pista em frente do palco Energia ficou completamente tomada e a banda entrou em cena já tocando "Crackerman". À exceção de Weiland, a banda permaneceu calada durante toda a apresentação e os músicos não chegaram a sorrir. Competentes como são, pareciam estar à vontade, mas sem muita empolgação - coisa bastante comum em voltas que não tem gás para durar.


O vocalista Scott Weiland, com seus conhecidos trejeitos e dancinhas, foi um pouco mais comunicativo, agradecendo ao público por estar ali, debaixo de chuva. Prevenidos, os fãs sabem que esta pode ser sua última oportunidade de ver o STP reunido.


Com o som impecável, a banda mandou "Vasoline", "Between the Lines" e "Interstate Love Song", entre outras, mas o ponto alto do show, sem dúvida, foi "Plush", canção que os alçou ao sucesso na década de 1990 e que segue sendo um clássico do estilo. Foi a hora de cantar junto o refrão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário